01 / 2020

Este ano Tavira completa 500 anos como cidade. Assim abrimos o ano lembrando um poeta tavirense nascido no mês de Janeiro:

Sebastião Leiria

Nascido em Tavira a 20 de Janeiro de 1918

Versos de Hoje

 

Meus versos são magoados, são tristonhos,

Derrotados na vida que sonhei…

São castelos tombados dos meus sonhos,

Saudades do ideal por que lutei.

 

De peito aberto o fiz, nesses medonhos

Recontros p’la bondade a que aspirei,

Sem me cansar dos trilhos enfadonhos

Da arte e da beleza que criei,

 

Traições, ciladas de almas mal formadas,

Vieram de emboscada às gargalhadas,

Queimando quanto fiz e havia em mim…

 

Criança sonhadora…a alma morta…

Sonhando ainda vai de porta em porta …

Em busca da bondade até ao fim!

 

11.Janeiro.1972