EXPOSIÇÕES, FEIRAS, MOSTRAS; EXHIBITIONS, FAIRS, DISPLAYS 13 – 31 / 08 / 2018

03   a 19 AGO  Conceição de Tavira  FESTA DOS PESCADORES  mais informação; more information

SEX; FRI 10   a SEG 13 AGO  Santa Luzia  FESTA DOS PESCADORES  mais informação; more information

01 JUL – 09 SET VERÃO EM TAVIRA; SUMMER IN TAVIRA mais informação; more information

Verão em Tavira 2018


SEG – DOM JUN  08h30 – Jardim das Palmeiras; Mini Mercado de verão pela ZBFC Associação; Summer Mini-market, organised by the ZBFC Association. mais informação – more information

https://tavirailimitada.files.wordpress.com/2013/07/feirinha-de-verc3a3o-zbfc-associac3a7c3a3o.jpg


JUL a 05 AGO  19h00 SEG & TER; MON & TUE JUL Rua João Vaz Corte Real QUA; WED JUL Jardim da Alagoa SAB & DOM; SAT & SUN JUL Jardim das Palmeiras MOSTRA DE ARTESANATO; Display and sale of handicrafts



 


SEX 06 JUL » SAB; SAT 07 SET  Pessoa’s Café  Exposição de arte / Art exhibtition. Assemblages de Walter Proietti   mais informação; more information

Walter Proietti.jpg

SAB 07 JUL »DOM; SUN 08 SET 21h30 Casa das Artes de Tavira apresenta EXPOSIÇÕES VERÂO 2018; Summer Exhibitions mais informações; more information

CAT1

SEG;MON – SAB; SAT 09h00 Casa Fotografia Andrade  Tavira desde 1900 exposição permanente pelos fotógrafos da Família Andrade; Tavira since 1900. A permanent exhibition of photographs by the Andrade family.

TER; TUE – SAB; SAT 14h00 Casa Álvaro de Campos  Apresenta a exposição PESSOAS de Ricardo Ranz; presents the exhibition PEOPLE by Ricardo Ranz mais informação; more information

exposição PESSOAS na CAC

 

SAB; SAT SAB; SAT 07 JUL a 14 OUT 10h00 Museu Municipal Palácio da Galeria Exposição Mulheres Modernas: de Almada Negreiros . Fundação Calouste Gulbenkian; Modern Women by Almada Negreiros mais informação; more information

 

 

 

 

A Álvaro de Campos a dedicação intensa de todos os meus avatares

… Eu creio na transmigração das almas
por isto de Eu viver aqui em Portugal.
Mas eu não me lembro o mal que fiz
durante o Meu avatar de burguês.
Oh! Se eu soubesse que o Inferno
não era como os padres mo diziam:
uma fornalha de nunca se morrer…
mas sim um Jardim da Europa
à beira-mar plantado…
Eu teria tido certamente mais juízo,
teria sido até o mártir São Sebastião!
E inda há quem faça propaganda disto:
a pátria onde Camões morreu de fome
e onde todos enchem a barriga de Camões!
Se ao menos isto tudo se passasse
numa Terra de mulheres bonitas!
Mas as mulheres portuguesas
são a minha impotência! …

In Cena do Ódio de Álmada Negreiros